7.1.08

fluir em direção à corrente.


Em quantos espaços o tempo se divide quando de um desejo o ser se cerceia escondendo-se por detrás de versos e canções que mais sufocam a vontade, gerando os devaneios que hora progridem calmamente pelas paragens da mente?


O mais tempo em que passamos sem interpretar os sussurros do amor e do perdão em sua forma mais sublime, o menos temos de vida em nossa alma e o mais temos de temores e receios.


Quem mais quer entender o desejo, senão aqueles que não mais se sentem aptos a desejar ou a alçar vôos rumo ao sucesso dos sonhos, à vitória das virtudes sublimes.


Negar o desejo de ser feliz é negar a própria vida. Negar a esperança de ser feliz é sacar do corpo a alma. É tomar da pintura a cor, da canção o som, da palavra as centelhas de liberdade.


Ser feliz, exige força, vontade e coragem.

Um comentário:

CresceNet disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my site, it is about the CresceNet, I hope you enjoy. The address is http://www.provedorcrescenet.com . A hug.